quarta-feira, fevereiro 21, 2024
More
    HomeSociedadeBrasilPF faz buscas na casa de Bolsonaro; Operação tem prisões e apreensões

    PF faz buscas na casa de Bolsonaro; Operação tem prisões e apreensões

    Publicado em

    spot_img

    Seis suspeitos foram detidos pela polícia e, de acordo com informações obtidas pela GloboNews, foram apreendidos os celulares de Bolsonaro e Michelle. Além disso, há 16 mandados de busca sendo cumpridos. As suspeitas recaem sobre um grupo que teria atuado para fraudar os cartões de vacinação do presidente, seus familiares e colaboradores.

    A Polícia Federal faz buscas na manhã desta quarta-feira (3) na casa do ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília. O ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, tenente-coronel Mauro Cid Barbosa foi preso durante a operação.

    Jair Bolsonaro não foi alvo de mandado de prisão, mas deve prestar depoimento ainda nesta hoje na sede da Polícia Federal em Brasília.

    A operação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes dentro do inquérito das “milícias digitais” que já tramita no Supremo Tribunal Federal.

    Até as 8h20, policiais seguiam no condomínio onde o ex-presidente mora desde que voltou ao Brasil, em março.

    Dados falsos

    A operação investiga a falsificação de dados sobre a vacinação contra Covid-19. A suposta fraude, teria o objetivo de garantir a entrada de Bolsonaro, familiares e auxiliares próximos nos Estados Unidos, burlando a regra de vacinação obrigatória.

    São eles:

    • do hoje ex-presidente Jair Bolsonaro;
    • da filha de Bolsonaro, Laura Bolsonaro, hoje com 12 anos;
    • do ex-ajudante de ordens Mauro Cid Barbosa, da mulher e da filha dele.

    A PF ainda investiga a situação de outros membros da comitiva, como a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro.

    Quem foi preso até agora?

    Quem foi preso?

    • o coronel Mauro Cid Barbosa, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro;
    • o policial militar Max Guilherme, que atuou na segurança presidencial;
    • o militar do Exército Sérgio Cordeiro, que também atuava na proteção pessoal de Bolsonaro;
    • o secretário municipal de Governo de Duque de Caxias (RJ), João Carlos de Sousa Brecha.

    Leia mais:
    Bolsonaro pode depor no exterior sobre inquérito dos atos golpistas
    Ministro do TSE dá 3 dias para Bolsonaro explicar minuta de decreto
    Presidente da Câmara defende deputados suspeitos de incentivar ataque golpista

    Com informações da Gazeta da Amazônia*

    Últimos Artigos

    Mel de jandaíra do AM é escolhido o melhor do Brasil

    A agroindústria Feira do Mel – Flor do Amazonas de Manaus conquistou o primeiro...

    ‘CNH Social 2023’: Veja prazo de entrega da documentação:

      A entrega deve ser feita nos postos de atendimento do Detran-AM e nas autoescolas...

    Temporada de cruzeiros injeta R$ 3,5 milhões na economia do AM

    Temporada de cruzeiros, que ocorre de novembro a maio, recebe mais de 26 mil...

    Prefeitura e governo federal firmam convênio de R$ 78 milhões

    O prefeito de Manaus, David Almeida, assinou em parceria com o governo federal, por meio...

    Mais artigos como este

    Mel de jandaíra do AM é escolhido o melhor do Brasil

    A agroindústria Feira do Mel – Flor do Amazonas de Manaus conquistou o primeiro...

    ‘CNH Social 2023’: Veja prazo de entrega da documentação:

      A entrega deve ser feita nos postos de atendimento do Detran-AM e nas autoescolas...

    Temporada de cruzeiros injeta R$ 3,5 milhões na economia do AM

    Temporada de cruzeiros, que ocorre de novembro a maio, recebe mais de 26 mil...