sábado, abril 20, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasJavari: Ministra dos Povos Indígenas desembarca no AM

    Javari: Ministra dos Povos Indígenas desembarca no AM

    Publicado em

    spot_img

    A Ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, desembarcou nesta segunda-feira (27) no Amazonas para visitar o Território Indígena Vale do Javari. Acompanhada de representantes dos governos estadual e federal, ministra deve discutir novas ações de segurança para os indígenas, que vivem em situação de conflito na área.

    O encontro foi planejado pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), que devem discutir a elaboração de políticas públicas, a retomada da investigação de crimes no local e o fortalecimento das forças de segurança para indígenas e trabalhadores que atuam na fiscalização do local.

    O governador do Amazonas, Wilson Lima, informou, por meio de nota, que uma comitiva do executivo estadual deve acompanhar as ações da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), em Atalaia do Norte, região da tríplice fronteira de Brasil, Colômbia e Peru. 

    A equipe composta de secretários de Estado se une a ministros e secretários do Governo Federal que participam da ação, organizada pela entidade e Governo Federal, na primeira visita de membros do executivo federal à região.

    A ordem do governador é manter todo o aparato do Estado à disposição do Governo Federal e retomar as tratativas em busca de investimentos, que reforcem a segurança na fronteira e políticas públicas para os indígenas e demais moradores da região do Alto Solimões, além do combate ao garimpo e pesca ilegal na região da Terra Indígena do Vale do Javari, que constitucionalmente está sob a jurisdição federal.

    Entre os agentes estaduais confirmados estão o secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), general Carlos Alberto Mansur, a secretária de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejusc), Jussara Pedrosa, e o atual diretor-presidente da Fundação Estadual do Índio (FEI), Vandelerlei Alvino.

    O comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Marcus Vinícius Oliveira, também compõe a comitiva. E representantes da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e da Casa Militar completam a equipe que estará em Tabatinga e Atalaia do Norte nesta segunda-feira (27/02).

    VALE DO JAVARI

    O Vale do Javari ganhou notoriedade mundial em julho deste ano, quando o indigenista Bruno Pereira, e o jornalista britânico Dom Phillips foram mortos durante uma expedição. A dupla foi encontrada morta 10 dias depois. Os dois investigavam atividades criminais no local.

    O local, que contempla os municípios de Tabatinga, Atalaia do Norte e Benjamin Constant – no Alto Solimões – é conhecido por abrigar o maior número de indígenas isolados – que não possuem contato com não-indígenas.

    A viúva do indigenista Bruno Pereira também participará do encontro nesta segunda-feira. Esta será a sua primeira atividade como recém-nomeada diretora do Departamento de Proteção Territorial e de Povos Isolados e de Recém Contato, pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

    Leia mais:
    Líder do Javari diz que presença do Estado garantiu paz muitos anos
    Vale do Javari: bandidos atacam servidores e roubam barco

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...