sábado, abril 20, 2024
More
    HomePoderAmazonasCresce repulsa a Kátia Schweickardt como secretária do MEC

    Cresce repulsa a Kátia Schweickardt como secretária do MEC

    Publicado em

    spot_img
    Motivo: como secretária de Educação de Manaus, ela chamou professores de criminosos

    Escolhida para chefiar a Secretaria de Educação Básica (SEB), no Ministério da Educação (MEC), Kátia Schweickardt passou a ser alvo de protestos nas redes sociais.

    A repulsa ao nome da ex-titular da secretaria municipal de Educação de Manaus (Semed), na gestão de Arthur Virgílio Neto (Sem partido), tem crescido nas redes sociais, principalmente por parte de professores da rede de ensino da capital amazonense.

    Isso ocorre, pois no ano de 2017, os professores da rede municipal foram as ruas com o movimento “Fundeb para Todos”, onde cobravam o repasse do Fundeb e a saída de Kátia Schweickardt do cargo.

    Nesse mesmo período, durante coletiva de imprensa, registrada pelo BNC Amazonas, a então secretária chamou a manifestação dos professores de “criminoso”.

    Veja o vídeo:

    https://youtu.be/TXXiZqg0_4I

    E como reflexo da insatisfação , o professor de história, Jonas Araújo lembra que Kátia “foi a secretária de educação que chamou os professores e professoras de Manaus de criminosos por questionar a política de gastos do FUNDEB na gestão do PSDB”.

    Leia mais:
    Ex-titular da Semed Manaus comandará secretaria no MEC

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...