sábado, abril 20, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasAlckmin garante que ZFM está no plano de reindustrialização

    Alckmin garante que ZFM está no plano de reindustrialização

    Publicado em

    spot_img
    De acordo com o vice, a reindustrialização terá foco em investimentos no meio ambiente para uma indústria verde

    Ao tomar posse nesta quarta-feira (4) como ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), disse que a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) vai trabalhar pela reindustrialização do país.

    Com a recriação da pasta, a Suframa voltar a ser um órgão integrante. A autarquia estava vinculada ao Ministério da Economia no governo de Bolsonaro.

    “Apex, Inmetro, ABTI, Suframa, inpi, nosso BNDES e o Sebrae juntos com o novo ministério trabalharão para levar adiante o grande e inovador programa de reindustrialização, de expansão do comércio e de fortalecimento dos serviços no Brasil”, disse.

    De acordo com o vice, a reindustrialização terá foco em investimentos no meio ambiente para uma indústria verde, tecnologia e valor agregado a produtos exportados, economia criativa, social, inclusiva e sustentável. A inclusão se dará em três sentidos; social, econômico e político.

    “A reindustrialização é essencial para que possa ser retomado o desenvolvimento sustentável e que essa retomada ocorra sob o único prisma que a legitima, o da justiça social”, afirmou.

    Alckmin também fez alusão ao trabalho integrado com os ministérios do Meio Ambiente e de Ciência e Tecnologia.

    “O novo ministério contará com uma secretaria de economia verde, descarbonização e bioindústria. Trabalharemos em parceria com nossa querida ministra Marina Silva, essa é uma agenda prioritária, inclusive, para assegurar a competitividade do produto nacional no comércio mundial”, disse.

    Para ele, a sustentabilidade é ponto de partida de toda política industrial, a sócio biodiversidade será o ponto de partida da nova política industrial.

    “Algumas frentes que serão exploradas no desenho de programas dessa natureza incluem, por exemplo, o complexo industrial da saúde, energias renováveis, hidrogênio verde, mobilidade, como alguns exemplos. Esses desafios podem servir de missões organizadoras para uma estratégia de política de desenvolvimento industrial”.

    Biotecnologia

    A ministra da Ciência e Tecnologia, Luciana Santos, afirmou que a pasta dará prioridade à estruturação de um programa integrado de desenvolvimento da Amazônia, com foco na biotecnologia e na exploração sustentável da biodiversidade da região.

    Leia mais:
    Explicando: Reforma Tributária Zona Franca de Manaus
    Moraes suspende redução do IPI para produtos da Zona Franca
    Governo do AM ingressa com nova ação em defesa da ZF no STF

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...