segunda-feira, abril 15, 2024
More
    HomePoderAmazonasSem mudanças, Wilson Lima renomeia secretariado para o segundo mandato

    Sem mudanças, Wilson Lima renomeia secretariado para o segundo mandato

    Publicado em

    spot_img

    O governador Wilson Lima nomeou, nesta segunda-feira (02/01), 41 secretários e diretores-presidentes de autarquias, fundações, sociedade de economia mista, empresas públicas e serviços sociais autônomos do Estado. Essa é a primeira lista de nomeações do secretariado que vai compor o segundo mandato de Wilson Lima e conta com titulares de órgãos que fizeram parte do primeiro mandato e continuam nos cargos nesta segunda gestão.

    “Hoje a gente está reconduzindo 41 secretários aos seus postos. As mudanças que a gente vai fazer têm a preocupação de não haver esse processo de descontinuidade, principalmente naquelas áreas que são muito sensíveis Educação, Saúde, Segurança Pública, Infraestrutura e a gente vai fazendo essas outras mudanças daqueles secretários que serão trocados de forma paulatina”, explicou o governador Wilson Lima.

    Segundo o governador, as nomeações têm o objetivo de dar seguimento a projetos e ações em execução. Os nomes serão publicados no Diário Oficial do Estado (DOE). Ao longo da semana, novas nomeações vão ocorrer.

    Flávio Antony Filho continua no cargo de secretário-chefe da Casa Civil, assim como o coronel Fabiano Machado Bó como secretário-chefe da Casa Militar. Sérgio Litaiff Filho segue na Secretaria de Estado de Governo (Segov) e Markilze Pereira na Secretaria de Estado Particular do Governador.

    Luiz Cláudio Silveira Gomes segue nomeado para o cargo de secretário-chefe do Gabinete do Governador. A Procuradoria Geral do Estado (PGE) continua sendo chefiada por Giordano Bruno Costa da Cruz e a Secretaria de Comunicação Social segue comandada por Josi Gomes.

    Na Secretaria de Fazenda permanece Alex Del Giglio; na Administração e Gestão, Fabrício Barbosa; e na Secretaria de Saúde, Anoar Abdul Samad. Também continuam Kuka Chaves, na Educação e Marcos Apolo Muniz, na Cultura.

    A Segurança Pública segue comandada pelo general Carlos Alberto Mansur. O coronel Marcus Vinícius de Almeida segue como comandante-geral da Polícia Militar e o coronel Orleilson Ximenes Muniz como comandante-geral do Corpo de Bombeiros. O coronel Paulo Cesar Gomes Junior permanece na Administração Penitenciária.

    Carlos Henrique Lima continua comandando a Secretária de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) . A Unidade Gestora De Projetos Especiais (UGPE) permanece sob a gestão de Marcellus Campelo.

    Kely Patrícia Paixão Silva continua à frente da Assistência Social e Kathelen Brás, no comando do Fundo de Promoção Social (FPS), órgão vinculado à Casa Civil. Na pasta do meio ambiente continua Eduardo Costa Taveira.

    A Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) permanece sob a gestão de Petrúcio Pereira de Magalhães Júnior, assim como o Centro de Serviços Compartilhados (CSC) sob o comando de Walter Siqueira Brito.

    Autarquias

    Para a Imprensa Oficial João Ribeiro Junior se manter no cargo; para o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) Rodrigo de Sá Barbosa; e Jorge de Almeida Barroso segue na Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH).

    Jalil Fraxe continua como o titular do Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AM) e João Rufino Junior na Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam).

    Fundações

    A Fundação Televisão e Rádio Cultura do Amazonas (Funtec) segue presidida por Oswaldo Lopes; a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) por Márcia Perales; e a Fundação Fundo Previdenciário do Estado do Amazonas (Amazonprev) por Maria Neblina.

    Na Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (FUnATI) Euler Ribeiro segue no comando e na Fundação Estadual do Índio (FEI) permanece Vanderlei Alvino.

    Sociedade de economia mista

    Lincoln Nunes Da Silva continuará chefiando a Processamento de Dados do Amazonas (Prodam). Para a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama), continua Aluízio Barbosa e na Companhia de Gás do Estado do Amazonas (Cigás), Renê Levy.

    Empresas pública

    Gustavo Sampaio permanece como presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) e Marcos Vinícius de Castro se mantém à frente da Agência de Desenvolvimento e Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

    Serviços sociais autônomos

    A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam) continua sendo presidida por Erick Hudson da Silva Alves. A Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) segue administrada por Armando do Valle. Para a Companhia Amazonense de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (Cada), Acram Salameh Isper Junior continua no cargo

    Leia mais:
    ‘Vou governar tendo o diálogo como base’, diz Wilson Lima ao ser empossado
    Wilson Lima e David Almeida fecham aliança para as eleições de 2024
    Wilson Lima investiu mais de R$ 29 milhões no esporte

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...