domingo, abril 14, 2024
More
    HomeCotidianoSociedadeComunidade é beneficiada com água potável após 11 anos

    Comunidade é beneficiada com água potável após 11 anos

    Publicado em

    spot_img

    Mais de 450 moradores da comunidade Flores estão sendo beneficiados com melhorias na qualidade de vida através de ações da concessionária 

    O direito e ir e vir, o prazer de tomar banho de chuveiro, a satisfação de ter água limpa para fazer comida e para beber. Atos simples, que às vezes passam despercebidos, mas que quando fazem falta, transformam a vida em um tormento. Desde que a Águas de Manaus chegou à comunidade das Flores, na zona Norte da cidade, os mais de 450 moradores daquela região passaram a ter acesso a estes itens e viram suas vidas serem transformadas após árdua espera de 11 anos.

    A comunidade abriga cerca de 100 famílias, com histórias de muita luta pelo direito à dignidade e ao saneamento. Após receberem visitas da equipe da Responsabilidade Social da empresa, estas pessoas começaram a receber melhorias que mudaram seus dias para melhor. Ao todo, foram implantados cerca de 800 metros de tubulações, que passaram a levar água tratada para essas pessoas que vivem em condições de vulnerabilidade.

    “Quando visitamos a comunidade, nos sensibilizamos e decidimos que iríamos fazer além do que nos é competente. Conversamos com cada morador para entender a realidade do local e iniciamos nosso serviço para levar água potável e dignidade e, por meio de uma força tarefa, também construímos a ponte que irá beneficiar sobretudo as pessoas com dificuldade de locomoção”, destacou o gerente de Responsabilidade Social da empresa, Semy Ferraz.

    As obras foram realizadas em tempo recorde e em um prazo de duas semanas todas as famílias passaram a contar com água em suas torneiras. A dona de casa Jurcileide Miranda, de 65 anos, vive no local com irmão mais velho, Francisco Carlos, que tem 67 anos e possui deficiência visual e Síndrome de Down. Durante anos, os dois sofreram com a falta de saneamento e infraestrutura na comunidade, já que, para chegar em casa, eles precisavam passar por uma pequena ponte de madeira.

    “A vida aqui não é fácil. Foram os próprios moradores quem construíram a ponte, mas, devido à ação das chuvas, as madeiras já estão podres e por duas vezes eu e meu irmão caímos e fomos parar nesse córrego cheio de sujeira. Água só tínhamos para beber e fazer comida se comprássemos garrafões. Muitas vezes chegamos a tomar banho com água barrenta ou guardar água da chuva. Agora, graças à Águas de Manaus, temos água potável na torneira, e estamos recebendo uma ponte nova, de concreto e que vai ajudar muita nossa locomoção”, comemorou a idosa.

    Dias melhores 

    Desde o início da comunidade, há cerca de 11 anos, foram os próprios moradores que se reuniram para comprar tubulações e fazer com que, de forma clandestina, a água chegasse até as pessoas. No entanto, por se tratar de uma ligação irregular o líquido chegava cheio de impurezas e diariamente tinham que ser feitos reparos nos canos improvisados.

    “Aqui somos como uma grande família e cada um ajuda o outro. Nós tínhamos que dar um jeito para ter água e até a chegada da empresa aqui, nos abastecíamos com água clandestina e suja. Fomos conseguir tomar banho de chuveiro somente agora, pois a água chega e tem pressão para subir nos nossos canos. Lutamos muito para que esse dia chegasse e graças a Deus, hoje estamos sendo atendidos com muito carinho pela Águas de Manaus”, lembrou a líder comunitária da área, Isonete do Nascimento.

    Por ser uma área vulnerável, todos os moradores foram cadastrados na Tarifa Manauara, e, com isso, terão desconto de 50% no valor da fatura da água.

    “Desde que começamos a atuar em Manaus, nossa meta é levar dignidade para todos, em especial para a população que vive em situação de vulnerabilidade. Entramos em becos, palafitas e em comunidades que existiam há anos sem o acesso à água. Todas estas famílias também foram cadastradas na Tarifa Manauara. Hoje, mais de 500 mil pessoas já estão sendo beneficiadas”, ressaltou o diretor-presidente da Águas de Manaus, Thiago Terada.

    Transformação da cidade 

    Desde a chegada da concessionária na cidade, o saneamento básico de Manaus avançou em ritmo acelerado. Somente nos últimos quatro anos, já foram implantados mais de 150 quilômetros de rede de água na cidade de Manaus, impactando positivamente a população. Os serviços na comunidade das Flores fazem parte de um pacote de obras que visa atender, em especial, áreas vulneráveis.

    Para os próximos anos, a empresa prevê R$ 1,3 bilhão em investimentos, que beneficiarão diretamente mais de 1 milhão de moradores com coleta e tratamento de esgoto, impactando na saúde das pessoas, no turismo e na preservação do meio ambiente.

    “Nossa meta é transformar a cidade em relação ao saneamento. Já conseguimos universalizar o acesso à água potável e com isso, contribuir para a melhoria na qualidade de vida da população. Em paralelo, estamos trabalhando na ampliação do acesso ao esgotamento sanitário. Ao final, teremos uma cidade mais limpa e sustentável”, destacou o diretor-presidente da concessionária, Diego Dal Magro.

    Leia mais:
    Águas de Manaus e Prefeitura de Manaus iniciam obras do Japiim
    Águas de Manaus investe mais de R$ 600 milhões em Manaus
    Águas de Manaus pagará dívida com serviços e ações sociais

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...