sábado, maio 18, 2024
More
    HomePoderBrasilJoice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro trocam ofensas nas redes sociais

    Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro trocam ofensas nas redes sociais

    Publicado em

    spot_img

    Em mais um capítulo da briga interna entre os integrantes do Partido Social Liberal (PSL), os deputados federais da sigla por São Paulo, Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro, transformaram as suas redes sociais em um ringue para mais um episódio desta guerra, que parece longe de chegar ao fim. A briga entre os dois teve início porque os bolsonaristas tentaram destituir o delegado Waldir da liderança do partido na Câmara e substituí-lo por Eduardo. Joice foi quem endossou a permanência de Waldir e acabou punida pelo presidente Jair Bolsonaro com a perda da liderança do governo no Congresso na última quinta-feira (17).

    “Eu assinei a lista [de apoio ao deputado Waldir] porque eu dei a minha palavra. Eu não vou sacrificar a minha palavra e a minha honra por conta de dois meses na liderança, botando um menino na liderança que não consegue nada sozinho”, disse Joice, se referindo ao deputado Eduardo Bolsonaro. 

    Em resposta, Eduardo Bolsonaro postou em suas redes sociais uma montagem com o rosto de Joice em uma nota de R$ 3, dizendo que ela era mais falsa do que aquela nota. No texto que acompanhou a imagem, ele também comentou que a deputada se acha dona de tudo e que pôs em risco uma pauta do país por motivos pessoais. “Ou seja, final das contas estão todos trabalhando contra o cara que os elegeu, mas pela frente dizem que estão com Bolsonaro e postam fotos com ele. Se não precisavam de Bolsonaro por que se filiaram ao partido dele na eleição?”, escreveu.

    O filho do presidente utilizou, ainda, a hashtag #DeixeDeSeguirAPeppa, que ocupou por todo o sábado (19), os primeiros lugares na lista de trending topics no Twitter em referência à deputada que se tornou adversária dos bolsonaristas. Joice foi chamada de “traidora”, “falsa”, entre outras coisas, e respondeu a alguns comentários em um video divulgado nesta segunda-feira (21) em seu Twitter e conta do YouTube, em que critica as ofensas do filho do presidente, e a forma como ele a tratou, inclusive referindo-se à ele como “Peppa”, a personagem porquinha de um desenho infantil.

    No Twitter, a deputada ainda acrescentou: “tem gente muito mal informada pela milícia e por oportunistas que espalham que eu “rompi” com o presidente Jair Bolsonaro. Deixo claro que não rompi com ninguém. Não traí ninguém, pelo contrário, fui traída, mas sigo com propósito de ajudá-lo a reconstruir o Brasil, enquanto ele trabalhar pelo povo”.

    A deputada também tem trocado ofensas com personagens defensores de Bolsonaro como o pastor Silas Malafaia.

    Reviravolta no caso da liderança do PSL

    Nesta segunda-feira, o Delegado Waldir decidiu entregar o cargo de líder do PSL na Câmara dos Deputados. O anúncio foi feito por meio de um vídeo divulgado pela assessoria de imprensa do parlamentar. O deputado federal Eduardo Bolsonaro já foi confirmando como novo líder. Seu nome foi oficializado no site da Câmara após alguns deputados da ala bolsonarista do PSL terem apresentado uma nova lista para nomeá-lo.

    Por Cíntia Ferreira, do Portal Projeta

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...