sexta-feira, maio 17, 2024
More
    HomeCotidiano8 motivos para conhecer o Teatro Amazonas

    8 motivos para conhecer o Teatro Amazonas

    Publicado em

    spot_img

    Yolanda Bento, do Portal Projeta – Bondinhos, roupas luxuosas, influências do estilo Art Noveau, arquitetura com os padrões europeus e muita riqueza: esta era a realidade da Paris dos Trópicos durante o Ciclo da Borracha. E foi durante essa época de grande desenvolvimento econômico e cultural que surgiu o suntuoso Teatro Amazonas.

    Um dos mais importantes teatros do Brasil, e o principal cartão postal de Manaus, o Teatro Amazonas foi consequência do desejo da alta sociedade amazonense da época: que a cidade estivesse à altura dos grandes centros culturais europeus.

    E então, em 31 de dezembro de 1896, foi inaugurada a expressão mais significativa da riqueza durante os tempos áureos da borracha.

    Tendo consciência da importância deste Patrimônio Histórico Nacional, o Projeta separou oito motivos que mostram porque você tem que conhecer o Teatro Amazonas, localizado no Largo de São Sebastião, no Centro de Manaus. Confira:

    1.Estilo Renascentista: o Teatro Amazonas preserva parte da arquitetura e decoração originais. O estilo arquitetônico é renascentista, com detalhes ecléticos. Na área externa, a famosa cúpula chama a atenção pela exuberância, composta por 36 mil peças nas cores da bandeira brasileira, importadas da Alsácia, na França. A maior parte do material usado na construção do teatro foi importado da Europa: as paredes de aço de Glasgow, na Escócia; os 198 lustres e o mármore de Carrara das escadas; e as estátuas e colunas, da Itália.

    2. O salão de espetáculos: Com capacidade para 701 pessoas, distribuídas entre a plateia e três pavimentos de camarotes. Impossível não ficar hipnotizado com o teto côncavo, no qual estão quatro telas pintadas em Paris pela tradicional Casa Carpezot. As telas representam música, dança, tragédia e ópera. Esta última, uma homenagem ao compositor brasileiro Carlos Gomes. Ao centro, um majestoso lustre de bronze francês. Também não passam despercebidas as máscaras nas colunas da plateia, que homenageiam compositores e dramaturgos, entre eles, Aristophanes, Molière, Rossini, Mozart e Verdi.

    3. A pintura de Domenico de Angelis: No Salão Nobre, onde aconteciam os grandes eventos sociais da época, destaca-se a pintura do teto feita por Domenico de Angelis, em 1899, e que foi batizada de “A glorificação das Bellas Artes da Amazônia”. A pintura foi feita com a técnica da perspectiva, assim, a deusa pintada no teto parece estar olhando para você não importa pra onde você vá.

    (Foto: Silas Laurentino) 

    4. O Pano de Boca: A cortina do palco, conhecida como Pano de Boca, é outra raridade. Foi confeccionado em 1894, pelo artista brasileiro Crispim do Amaral, e mistura referências à mitologia grega: uma ninfa é carregada numa concha por dois tritões representando os rios Negro e Solimões.

    5. Uma das sete maravilhas brasileiras: Em 2008, o teatro foi eleito uma das sete maravilhas brasileiras em dois concursos promovidos pela Revista Caras em parceria com o banco HSBC e outro pelo escritório de design Goff. Em 2019, foi eleito pela Revista Vogue, como uma das casas de ópera mais bonitas do mundo.

    6. Museu: Lá há peças que ajudam a contar a história do Teatro Amazonas, como as maquetes de óperas do compositor alemão Richard Wagner, concebidas pelo designer e cenógrafo inglês Ashley Martin-Davis, para as montagens do ciclo do “Anel do Nibelungo” em diferentes edições do Festival Amazonas de Ópera (FAO). São oito obras que estão expostas no 2º pavimento.

    7. Réplica de Lego: No segundo andar você pode encontrar uma réplica com quase 30 mil peças de Lego do Teatro Amazonas.

    8. Visita guiada: De segunda a segunda, você pode visitar e conhecer a história do Teatro por apenas R$ 20 e R$ 10 meia-entrada. Pessoas nascidas no Amazonas, crianças de até 10 anos e portadores de deficiência não pagam. As visitas guiadas acontecem sempre entre 9h e 17h, de terça à sábado, e de 9h às 14h aos domingos e segundas-feiras.

    ✓  Leia também:

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...