terça-feira, maio 21, 2024
More
    HomePoderBrasilManifestações pró-Bolsonaro acontecem neste domingo (26) por todo o país

    Manifestações pró-Bolsonaro acontecem neste domingo (26) por todo o país

    Publicado em

    spot_img

    Atos favoráveis ao governo Jair Bolsonaro estão marcados para acontecer no próximo domingo (26) por todo o país. Em Manaus, a mobilização terá como palco a orla da Ponta Negra, às 15h. O presidente da República informou que não irá participar do movimento e orientou ministros a fazerem o mesmo.

    Há atos previstos em pelo menos 60 cidades, em todas as capitais e no Distrito Federal. As pautas das manifestações são: a aprovação da reforma da Previdência, do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro e a votação da medida provisória 870, que trata da reforma administrativa.

    Alguns grupos defendem ainda o enfrentamento ao Centrão e também a criação da CPI da Lava Toga, para investigar o que qualificam como ativismo por parte de integrantes do poder Judiciário.

    O presidente informou, durante café da manhã com jornalistas no Planalto na quinta-feira, que não irá aos atos previstos em várias capitais do País e que “quem defende o fechamento do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional está na manifestação errada”.

    A mobilização de apoio ao governo foi marcada como uma resposta aos protestos contra o contingenciamento de verbas para a Educação, que levou milhares às ruas no último dia 15.

    MBL e Vem Pra Rua não vão participar

    Segundo o jornal Estadão, dois dos mais importantes movimentos não vão participar dos atos. O Movimento Brasil Livre (MBL) afirmou que as manifestações são “estranhas” e se colocou contra pautas que considera antirrepublicanas, como o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF), pedido por uma parcela dos manifestantes. O líder do grupo, deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), criticou em seu Twitter a demonização da política.

    “Quando vão entender que demonizar o Congresso é péssimo pra aprovação da previdência, principal pauta do governo?”. “O MBL não participará das manifestações principalmente pelas pautas de fechamento ou invasão do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. Com idolatria cega corre-se o risco de ser um PT ou uma CUT azul”, afirmou.

    Já o Movimento Vem Pra Rua emitiu nota dizendo que as pautas não estavam em sintonia com o que o grupo defende. “O Vem Pra Rua não apoia políticos nem partidos (…) Respeitamos o equilíbrio institucional dos poderes da república e acreditamos que as críticas pontuais que tem de ser feitas devem respeitar a sua integridade. A democracia não pode prescindir de poderes fortes e independentes.”

     

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...