quinta-feira, junho 20, 2024
More
    HomeDestaques"Cancún, uma faixa de 24 quilômetros de praia atrai mais gente que...

    “Cancún, uma faixa de 24 quilômetros de praia atrai mais gente que o Brasil”

    Publicado em

    spot_img

    Na última quarta-feira (15), o governo publicou o decreto do Plano Nacional de Turismo 2018-2022, que pretende quase dobrar – de 6,6 milhões para 12 milhões por ano – o número de visitantes estrangeiros no Brasil.

    O total de estrangeiros em 2018 no Brasil alcançou 6,6 milhões. Em termos de comparação, o museu mais visitado do mundo, o Louvre, recebeu 7,6 milhões de estrangeiros, enquanto nossa vizinha Argentina, recebeu 7,5 milhões.

    A título de curiosidade, os números do Louvre, são ainda mais grandiosos quando se trata de visitantes de modo geral, não apenas estrangeiros. No ano passado, a atração bateu recorde de visitação, somando um total de 10,2 milhões.

    Segundo dados da Organização Mundial do Turismo, no turismo internacional no Brasil, as taxas de crescimento foram de apenas 4,5% em 2016; 0,6%, em 2017; e 0,5%, em 2018. Enquanto no Peru e na Argentina, por exemplo, o turismo internacional cresceu no ano passado 10% e 7,5%, respectivamente, segundo informações do Ministério do Comércio Exterior e Turismo do Peru e do Instituto Nacional de Estatística e Censos da Argentina.

    Embora pretenda aumentar o número de visitantes estrangeiros, o governo retirou do texto do Plano Nacional de Turismo o incentivo ao turismo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), que representa 10% dos viajantes no mundo e movimenta 15% do faturamento do setor, segundo dados do plano original.

    Segundo o ministro, são objetivos ambiciosos, que já estavam previstos no Plano Nacional do Turismo (PNT) e que agora foram abraçados pelo governo Bolsonaro. Ele acredita que são planos factíveis, diante das providências que estão sendo tomadas. Entre elas, citou, está a dispensa de visto para cidadãos americanos, japoneses, canadenses e australianos e a adoção do visto eletrônico para chineses e indianos, atualmente em estudo pelo ministério.

    O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, informou que o governo pretende dobrar o fluxo de visitantes ao país e a meta foi apresentada aos senadores em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) na manhã desta quarta-feira (10).

    “Só Cancún, no México, recebe 7 milhões de viajantes por ano. Ou seja, uma faixa de 24 quilômetros de praia atrai mais gente que o Brasil. Recebemos US$ 5,89 bilhões dos turistas estrangeiros anualmente e queremos passar para US$ 19 bilhões”, esclareceu.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...