terça-feira, maio 28, 2024
More
    HomePoderAmazonasSenadores do AM defendem Villas Boas e criticam Olavo de Carvalho

    Senadores do AM defendem Villas Boas e criticam Olavo de Carvalho

    Publicado em

    spot_img

    O desentendimento entre integrantes e apoiadores do governo repercutiu na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Na reunião desta terça-feira (7), senadores do Amazonas saíram em defesa do general Eduardo Villas Boas, ex-comandante do Exército Brasileiro, atacado via redes sociais pelo filósofo Olavo de Carvalho, considerado o guru do presidente Jair Bolsonaro.

    O ideólogo Olavo usou as redes sociais para promover diversos ataques contra o núcleo militar do governo federal, incluindo o vice-presidente Hamilton Mourão; o ministro-chefe da Secretaria de Governo (Segov), general Santos Cruz e, mais recente, o general Villas Boas.

    Nesta manhã (7), por exemplo, Olavo de Carvalho disse em uma rede social: “há coisas que nunca esperei ver, mas estou vendo. A pior delas foi altos oficiais militares, acossados por informações minhas que não conseguem contestar, irem buscar proteção escondendo-se atrás de um doente preso a uma cadeira de rodas”, em referência a Villas Boas.

    Senadores ficam revoltados

    Os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Plínio Valério (PSDB-AM) na Comissão de Assuntos Econômicos – Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

    Apesar de sofrer de esclerose lateral amiotrófica, uma doença grave e degenerativa, Boas cumpriu sua missão como comandante do Exército e, atualmente, segue trabalhando como assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.

    O primeiro a defender o general na CAE foi o próprio presidente da Comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM). Ele afirmou ter convivido com Villas Boas quando este chefiou o Comando Militar da Amazônia, e também com o general Augusto Heleno, ministro chefe do GSI. “Dou meu testemunho do equilíbrio desses dois homens”, pontuou.

    Segundo Omar, a postura de Olavo não pode ser admitida. “Não estou falando de gente que quer botar gasolina no fogo. Posso dizer que são dois grandes brasileiros. Completos, democratas e que sempre tiveram o equilíbrio necessário. Fica aqui minha solidariedade aos generais que foram atacados. O general Villas Boas é um homem de bem. É democrata e quer o bem do Brasil. Não podemos admitir um cidadão nos Estados Unidos falando de alguém que não conhece e com quem não conviveu”, completou.

    Outro representante do Amazonas, o senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que vai apresentar em Plenário uma moção de repúdio ao filósofo Olavo de Carvalho. Segundo ele, “isso não pode passar em branco”.

    Olavo de Carvalho é considerado ‘guru’ do governo Bolsonaro – Foto: Reprodução

     

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...