terça-feira, maio 21, 2024
More
    HomeCotidiano5 fatos curiosamente típicos do universo manauara

    5 fatos curiosamente típicos do universo manauara

    Publicado em

    spot_img

    Manaus é a capital do maior Estado da federação, obviamente, com espaço suficiente para guardar muitas lendas e mistérios. A troca cultural que ocorre quando se aglomeram paraenses, cearenses, pernambucanos, japoneses e libaneses numa mesma capital é interessante gerando histórias que fogem do senso comum.

    Para relembrar alguns interessantes episódios selecionamos histórias curiosas da capital baré passando por competições intensas, estratégias de marketing exóticas e manifestações curiosas da natureza, confira:

    • Embarcações disputam “racha” no Rio Amazonas

    Tá certo que no Amazonas os rios são como as estradas, as lanchas são como os carros mas o que aconteceu no último sábado (16), em Itacoatiara foi nada mais nada menos que um “racha” entre as embarcações Fred William I e Cmte Paiva V. Os passageiros ficaram assustados com o risco em que a competição colocou a tripulação já que os dois barcos chegaram a se encostar. A Marinha foi notificada e instaurou um inquérito sobre o caso.

    • “O Buraco da Djalma”

    Conhecidíssima como a grande “costa larga” dos atrasados manauaras – quem nunca lançou um “tô aqui na Djalma” quando ainda tava saindo de casa? -, a avenida Djalma Batista teve em março de 2018 um dos seus trechos interditados por conta de um grande buraco que se abriu impedindo o trânsito no trecho que compreende a Rua Pará. O problema foi ocasionado por tubulações que estavam ali há mais de 40 anos, até hoje a maior rede de fast food mundial instalada ali não voltou a funcionar. Na internet os memes eram de que seria um plano pra boicotar o capitalismo na cidade.

    • Segundo lugar arranca coroa de Miss Amazonas

    Sheislane Hayalla esteve nas manchetes de vários jornais e portais de fofoca em 2015, e se você é amazonense não tem o direito de se assustar com o nome da moça, talvez com a atitude dela: a candidata ao Miss Amazonas 2015 não ficou nada satisfeita com o segundo lugar na competição e viu como solução arrancar a coroa da cabeça da vencedora, Carol Toledo. Em seguida, arremessou no chão a coroa dizendo que aquilo não era justo. O caso tomou repercussão internacional já que aparentemente não é só o brasileiro que é atraído por confusão que envolve rivalidade feminina, padrão e um pódio. Sigamos.

    • Cachorro do DB da Ponta Negra

    Outro icônico personagem manauara é o cachorro do estacionamento do DB que em aparente estado de derretimento já fez muitas pessoas se questionarem acerca da própria lucidez ao fitarem a escultura que, na verdade, foi uma estratégia de marketing do veterinário Maurício da Costa Filho para a Clínica Linameg. “É feio, mas cumpre bem o papel dele de chamar atenção”, explicou Maurício em entrevista para o site Mapinguanerd em 2016.

    • Sereia da Praia da Lua

    Por último e não menos importante, a sereia da Praia da Lua. Além dessa lenda urbana ser o marco de uma geração que ainda iniciava seu contato com a internet também é uma ótima inspiração para fantasias de carnaval. Uma reportagem circulou a rede em 2008 e falava sobre o corpo de uma sereia próximo à Praia da Lua, a notícia voltou a circular em 2012 quando finalmente foi divulgado que o cadáver da sereia é uma obra do artista plástico Juan Cabana, segundo ele a motivação foi seu gosto por ficção científica e por gostar de criar peças que vão impressionar as pessoas.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...