sábado, abril 20, 2024
More
    HomeSociedadeAmazonasReino Unido quer se unir a Noruega e Alemanha pelo Fundo Amazônia

    Reino Unido quer se unir a Noruega e Alemanha pelo Fundo Amazônia

    Publicado em

    spot_img
    Reino Unido ocupa hoje o terceiro lugar no ranking de países que mais colaboraram com o meio ambiente brasileiro

    A ministra britânica do Meio Ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais, Therese Coffey, disse que à Reuters que começou os entendimentos com a Noruega e Alemanha para que o Reino Unido ingresse como doador do Fundo da Amazônia.

    “É algo que estamos analisando seriamente”, disse a ministra. Ela esteve na posse de Lula da Silva (PT) no dia 1° e conversou ao menos com três ministros brasileiros: Marina Silva, do Meio Ambiente e da Mudança do Clima; Carlos Fávaro, da Agricultura; e Sônia Guajajara, dos Povos Indígenas.

    De acordo com Coffey, o Reino Unido ocupa hoje o terceiro lugar no ranking de países que mais colaboraram com o meio ambiente brasileiro, tendo comprometido mais de £ 250 milhões ou R$ 1,6 bilhão.

    O Fundo Amazônia tem em caixa R$ 3,3 bilhões em doações internacionais para combater crime ambiental na Amazônia.

    Os recursos estavam congelados desde 2019 após o então ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, alegar irregularidades nos projetos e retirar a sociedade do comitê orientador do programa.

    Por meio do decreto 11.368, no último domingo (1º), o presidente Lula restabeleceu a governança do fundo.

    Teto de gastos

    “A retomada do fundo se soma à aprovação, ainda em 2022, da PEC 32, que retira doações internacionais do teto de gastos do governo, abrindo a possibilidade de mais recursos serem utilizados pelo governo para execução de programas da pasta ambiental, como o combate ao desmatamento”, afirmou o Observatório do Clima.

    A ong destacou ainda que o programa está paralisado desde 2019 com mais de R$ 3 bilhões em caixa, doados por Noruega e Alemanha.

    Esses países europeus já se comprometeram com mais recursos para o fundo, criado por Lula em 2008.

    “Em menos de 24 horas o governo começou a transformar o discurso em atos concretos para reverter a sabotagem promovida por Bolsonaro e reconstruir a governança ambiental no país. Ainda falta muito, mas o que vimos neste início de mandato é um acerto e demonstra a importância que o tema ganhou na agenda de Lula”, disse o secretário-executivo do Observatório do Clima, Márcio Astrini.

    Leia mais:
    Lula reestabelece Fundo Amazônia
    Noruega anuncia que com Lula vai desbloquear Fundo Amazônia
    Wilson Lima discute Fundo Amazônia e bioeconomia com delegação alemã que visita o Amazonas

    Mais informações.

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...