sábado, julho 13, 2024
More
    HomePoderAmazonasInstituições de Manaus recebem doações de latas de leite em pó

    Instituições de Manaus recebem doações de latas de leite em pó

    Publicado em

    spot_img

    Instituições de caridade da capital amazonense foram beneficiadas, nesta semana, com a doação de latas de leite em pó que foram arrecadadas pela Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM), por meio do Centro de Estudos Jurídicos (Cejur), durante a seleção que o órgão realizou, no último mês de novembro, para contratar estagiários em Direito.

    A distribuição dos mantimentos começou, na terça-feira (3/12), com a entrega das doações para a Casa Mamãe Margarida, responsável por cuidar de crianças e adolescentes do sexo feminino em situação de vulnerabilidade social. Nesta quarta-feira (4/12), foi a vez do Abrigo Moacyr Alves, que presta serviço social especial de alta complexidade para crianças deficientes, receber os produtos.

    “É uma grande satisfação fazer essa ação de doação de latas de leite para as instituições de caridade, especialmente nessa época de sentimento de solidariedade. Nós, do Cejur, ficamos felizes em realizar essas ações voluntárias”, afirmou a coordenadora do Cejur da PGE-AM, procuradora Clara Lindoso e Lima.

    Além da Casa Mamãe Margarida e do Abrigo Moacyr, o Núcleo de Assistência a Criança e a Família em Situação de Risco (Nacer), também, será contemplado pelas doações arrecadadas pela PGE-AM.

    Coleta

    De acordo com a procuradora Clara Lindoso e Lima, há 10 anos, o Cejur tem o hábito de não cobrar a taxa de inscrição para os processos seletivos que a PGE-AM realiza para contratar estagiários. Em vez da taxa de inscrição, é solicitada a contribuição de uma lata de leite em pó para beneficiar entidades sem fins lucrativos. A procuradora ressaltou que, nessa última seleção de estagiários, foram arrecadadas 400 latas de leite em pó.

    Importância

    O coordenador do Abrigo Moacyr Alves, Wilson da Costa Queiroz, de 47 anos, afirmou que a iniciativa da PGE-AM é importante, pois vai contribuir para a alimentação das crianças atendidas pela instituição de caridade.

    “Agradecemos à Procuradoria Geral do Estado por se lembrar de nós. Somos uma instituição que precisa de doações, e essas latas de leite em pó vão ajudar na alimentação das crianças que dependem de sondas para fazer sua refeição. A doação veio em uma boa hora”, destacou ele.

    Saiba mais

    O Abrigo Moacyr Alves atende, hoje, 68 crianças, jovens e adultos com idades que variam de um 1 a 44 anos, de acordo com o coordenador Wilson da Costa Queiroz. A instituição fica localizada na rua Professora Lea Alencar, 1.014, bairro Alvorada I, zona centro-oeste de Manaus. Para ajudar com doações, basta ligar para a coordenação do abrigo pelo número de telefone 98415-7022.

    Situada na rua Edmundo Soares, 27, bairro São José Operário II, zona leste de Manaus, a Casa Mamãe Margarida atende atualmente em torno de 260 crianças e adolescentes, que recebem três refeições por dia.

    Segundo informações da irmã Liliana, o leite é um produto importante, porque é oferecido no café da manhã e, também, na merenda da tarde, que já é o jantar para as crianças que não residem no abrigo e precisam retornar para suas respectivas casas. O telefone para contato da Casa Mamãe Margarida é o 3248-2331.

    Fundado em 7 de maio de 2015, o Núcleo de Assistência a Criança e a Família em Situação de Risco (Nacer) cuida de crianças, inclusive recém-nascidos, e de adolescentes até os 18 anos. A entidade depende de doações para se manter, embora conte com ajuda governamental. O abrigo Nacer fica na rua 35, conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez, zona centro-sul. O telefone para contato é o 3302-6283.

    Com informações da PGE-AM*

    Últimos Artigos

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...

    Saiba quais alimentos têm sódio em excesso identificados pela Anvisa

    Um relatório divulgado pela Anvisa revelou que 28% dos produtos industrializados monitorados entre 2020...

    Mais artigos como este

    Nível dos rios do AM é “preocupante”, diz Defesa Civil

    Em informativo à população compartilhado nesta semana, a Defesa Civil Estadual do Amazonas (DC-AM)...

    AM perde liderança no Norte na produção de ovos

    Com a produção de 520.956 ovos de galinha em 2023, o Amazonas perdeu a...

    Em dois meses, 17 pessoas morreram atropeladas em Manaus

    De janeiro a fevereiro de 2024, 17 pessoas morreram em atropelamentos em Manaus. O...